quinta-feira, 5 de junho de 2014

OS DEZ PRINCIPAIS MITOS SOBRE COMPORTAMENTOS SUICIDAS

Segundo a OMS (Organizaçao Mundial da Saude), existem mitos acerca dos comportamentos autocidas e estes necessitam ser elucidados para que a populaçao possa identificar padroes de comportamento que possam levar a um suicidio. Sabemos que o tema morte é um tabu na nossa sociedade e muito mais ainda quando se trata de morte voluntaria ou suicidio. De qualquer modo, é imprescindivel identificar estes comportamentos no intuito de termos uma abordagem preventiva e eficaz a favor da vida em nossa comunidade/sociedade. Identifique voce também estes mitos e ajude a salvar uma vida.

MITO 1: As pessoas que relatam querer se matar nao irao faze-lo, pois chamar atençao é o seu intuito. FALSO. Todas as ameaças de ideaçao suicida devem ser levados a sério;

MITO 2: O suicidio é sempre impulsivo e acontece sem aviso. FALSO. Tentativas de suicidio podem parecer algo impulsivo; No entanto, pode ter sido ponderado durante algum tempo, inclusive ter sido acompanhado de algum comunicado verbal ou comportamental. Ex.: Carta de despedida, relatos de que era melhor nao ter nascido, desejo de morrer, nao encontrar sentido na vida, etc.;

MITO 3: Quem tenta suicidio esta' decidido a morrer. FALSO. As pessoas que tentam se matar querem eliminar a dor e o sofrimento, nao a vida.;



MITO 4: Quando um individuo mostra sinais de melhoria ou sobrevive a uma tentativa de suicidio, esta pessoa esta' fora de perigo. FALSO. Muito pelo contrario, um dos periodos mais dificeis e perigosos sao aqueles que acontecem imediatamente apos a crise e/ou tentativa de suicidio, portanto é melhor estar muito atento, pois a pessoa se encontra muito fragilizada e necessita de cuidados e atençao;

MITO 5: O suicidio é sempre hereditario. FALSO. Nem todos os suicidios podem ser associados à hereditariedade; No entanto, uma historia familiar de suicidio é SIM um fator de risco importante para o comportamento suicida.

MITO 6: Os individuos que tentam ou cometem suicidio tem sempre algum disturbio/ perturbaçao mental. FALSO. O comportamento suicida é multideterminado e multifatorial e neste caso, outros fatores entram em jogo e existem casos em que nenhum disturbio mental foi detectado;

MITO 7: Se um profissional da saude fala com o seu paciente sobre suicidio, estarà dando a idéia de suicidio para este. FALSO. Importante perscrutar os estados emocionais do paciente e este procedimento faz parte do processo de psicoterapia com o intuito de ajuda-lo;

MITO 8: O suicidio acontece somente aos outros e nao conosco. FALSO. O suicidio acontece em todos os tipos de pessoas e encontra-se em todas as culturas, classes sociais, condiçao social, genero e faixas etarias diversas, bem como condiçoes familiares diversas;

MITO 9: Apos uma pessoa tentar cometer suicidio uma vez, nunca mais voltarà a tenta-lo novamente. FALSO. A tentativa de suicidio é um preditor crucial para uma outra tentativa se os fatores que causarem estes nao forem devidamente identificados e orientados para uma ajuda ao individuo que o tenta;

MITO 10: As crianças nao cometem suicidio dado que nao entendem que a morte é final e sao cognitivamente incapazes de se empenhar em um ato suicida. FALSO. Embora seja raro, as crianças cometem suicidio sim, e qualquer gesto em qualquer idade devem ser levado a sério.


Leia mais: http://www.consultoriapsi.net/news/suicidio

Nenhum comentário:

Postar um comentário