quarta-feira, 24 de junho de 2015

Vou dizer uma coisa

A dor que sinto agora é insuportável. Vontade de aniquilar a dor, pois ela parece ser maior do que eu. Mas sei que não adianta acabar com a minha vida: eu não posso derrubar uma casa só porque ela está sendo corroída por cupim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário